domingo, 1 de agosto de 2010

O mundo de Abbie


Que mundo é esse?
Como é lindo. Quanta tecnologia, quanto avanço em todas as áreas, quantas pessoas felizes e sempre acompanhadas.
No mundo de Abbie todos sempre estão acompanhados. Acompanhados por seus  Personal Robots. Robôs de aparência humana , com personalidade escolhida por seu dono, eles fazem de tudo. São praticamente humanos. Humanos sem sentimentos.
Aonde se olha se vê personal robots acompanhando seus donos. Madames usando como auxiliares de compras, empresários usando como assistentes, comerciantes usando como vendedores, crianças usando como babás,ou simplesmente pessoas usando como companhia. Ninguém se sente sozinho.
Abbie e seu marido tambem adquiriram uma personal robot, ela é tão incrivelmente linda e real. Eles escolheram a personalidade perfeita para ela.
A Personal Robot de Abbie faz tudo para eles , ela é uma dona de casa perfeita, uma profissional exemplar e uma amiga maravilhosa.
Um simples passeio no parque fica mais legal  com a personal robot. Ela é quem leva uma toalha decorada e faz uma incrível mesa de piquenique .
Meu Deus, eles são tão perfeitos.
Mas para Abbie essa tecnologia já está passando dos limites .
Ninguém mais sai em grupos, ninguém mais é sociável , ninguém mais tem amigos. Na verdade ninguém mais precisa de amigos, os robôs são seus melhores amigos.
O marido de Abbie também está mudando drasticamente, antes ele era um parceiro carinhoso e extremamente atencioso, ele amava Abbie do jeito que ela era, mas desde que eles compraram sua Personal Robot, ele está se transformando, ele começou a ver os defeitos de Abbie, ele quer que ela seja perfeita que nem sua Robô pessoal.
Ela já não tem mais atenção dele, ele vem se esquecendo constantemente dela.
Abbie já não sabe mais o que fazer .
Todos os dias seu marido a esperava sorrindo na porta de sua casa quando ela chegava do trabalho. Quando compraram a Personal Robot ele esperava sua mulher  na companhia do Robô. Passando o tempo ele deixava a porta aberta , mas esperava ela dentro de casa.
Abbie está sendo esquecida.
Hoje quando chegou do trabalho a porta não estava aberta,estava trancada, seu marido se esqueceu que ela chegaria, ele já nem sente falta.
Na verdade Abbie já foi esquecida!
Seu marido já não precisa mais dela, ele já construiu a companhia perfeita.
Mas o que o marido de Abbie não sabe mas vai descobrir é que tudo que é perfeito demais enjoa, porque o ser humano só é perfeito por ter seus defeitos.
.
.
.
.
.
.
Quem conhece o Anime 'Chobits' irá perceber que tirei a inspiração de lá. :D
.
.
.
Queria agradecer ao meu adorado amigo Guilherme , o Gui, que sempre elogia os meus contos e me dá forças para ter vontade de continuar escrevendo.
Sei que são pouquíssimos os meus leitores que realmente gostam, mas queria agradecer a todos que sempre me apoiam e ficam pedindo para eu postar. Obrigada :D

18 comentários:

  1. Nossa perfeito.
    E realmente, é isso que está acontecendo nos dias de Hoje, estamos tendo só 'amigos virtuais' pois por aqui todos parecem perfeitos e esquecemos da realidade.
    òtimo como sempre, sou um dos que sempre fica implorando por um conto.

    ResponderExcluir
  2. Leticia :D01 agosto, 2010

    Beta eu fico adimirada como vc conseguer captar a relidade em seus contos de um modo tão diferente e gostoso!
    Adorei

    ResponderExcluir
  3. Nossa perfeito.
    E realmente, é isso que está acontecendo nos dias de Hoje, estamos tendo só 'amigos virtuais' pois por aqui todos parecem perfeitos e esquecemos da realidade.
    òtimo como sempre, sou um dos que sempre fica implorando por um conto [2]

    APOIO TOTALMENTE O QUE O COLEGA DISSE.

    ResponderExcluir
  4. Betinhaaa amei como sempre *-*

    ResponderExcluir
  5. E a internet acabando cada dia mais com nossa vida real, a transformando em virtual mesmo sem percebermos...

    ADOREI!

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  6. Haha, eu comecei a ler o texto e pensei "Peraí, mas isso é Chobits!"
    Mas é, as pessoas estão dependendo cada vez mais das novas tecnologias, pela fuga que o mundo virtual proporciona. Afinal, se você está cercado por coisas perfeitas, você esquece dos próprios problemas e defeitos. Mas são os nossos problemas que nos fazem evoluir e os nossos defeitos que tornam a vida interessante.

    ResponderExcluir
  7. Sensacional!!
    Infelizmente essa é a realidade de hoje...
    Mas pra não ficar igual a todos os que acima comentaram, levanto uma discussão: E QUANDO AS MÁQUINAS COMEÇAREM A NÃO SER MAIS TÃO COMPANHEIRAS ASSIM?
    Fica no ar!

    Blog muito bom! Vou te seguir e colocar nos meus favoritos, ok?

    www.escritasdiretas.blogspot.com

    beijão e continue escrevendo!! serei mais um leitor assíduo.

    ResponderExcluir
  8. E sempre descobrindo mais sobre você, seus talentos, =)

    Adorei!!

    ResponderExcluir
  9. Muito foda, não sabia que escrevia tão bem assim, Leite. Parabéns e continue assim.

    ResponderExcluir
  10. Chii! \o/ Huahauhauhua.
    Amo, amo, amo CHOBITS. *-*
    Tá de parabéns, ein. Escreve muito bem.
    Valeu pelo comentário no meu blog.
    To te seguindo...

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Quero ver ele ter um filho com a robô! aHuaHuAa
    Nessas horas ele deve sentir falta da sua amada! =D

    É pura verdade esse final! Se todos fossem perfeitos a vida não teria graça.

    Se puder da uma passadinha lá no meu tamb.
    http://pintoloucao.blogspot.com

    Bjos linda

    ResponderExcluir
  12. bem legal o conto, eu escrevo contos também embora de temática mais complexa que meras relações interperssoais e familiares, curti muito seu blog, vou seguir para acompanhar seus textos, iria adorar de desse sua opinião sobre os meus =]


    http://bonecozumbie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Roberta,

    Muito interessante seu texto.
    O mundo está cada vez mais robotizado!!!
    Você escreveu de uma maneira que nos faz refletir... bacana seu conto, espero ler mtos deles por aqui! =)

    http://realnovirtual.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Muitooo muitoo bom... Adorei o post e adorei o blogg...
    Beijoo grande!!

    http://entrelinnhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Admiro quem escreve assim, inventando, contando algo... Requer mta criatividade, né!?
    Gostei mto do seu blog, e agradeço a sua visita ao meu. Tô te seguindo, menina!!!

    ResponderExcluir
  16. Pascal Sensei04 agosto, 2010

    Gostei!!!!!

    Muito interessante, as pessoas estão cada vez mais focando na tecnologia e esquecendo dos sentimentos o/

    ResponderExcluir
  17. por que tantos mundos?!

    seguindo...

    siga-me também

    www.temalgumacoisaerrada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Gosto muito desses contos que tem meio que uma lição no final, não que seja importante dar uma lição as pessoas, é pq deixa o desfecho da historia mais legal. Gostei bastante, Betinha. ;)

    ResponderExcluir